Comitês em Ação

Ação da Cidadania tem sessão do Cineclube em Ação

O tema será a Diáspora Africana

O “CINECLUBE EM AÇÃO” acontecerá na próxima segunda, 12 de dezembro, às 18h30, no galpão da Ação da Cidadania (Av. Barão de Tefé, 75 – Saúde) e traz como tema a Diáspora Africana. Desta vez, o curador convidado será o Cineclube Atlântico Negro com debate após a sessão com a presença do educador e realizador Clementino Júnior.A programação inclui os curtas “Alma no Olho” do Zózimo Bulbul; “BoronSarret” de OusmaneSembene; "Real Card" de Rossandra Leone; "Não Pense que Sabe ser quem é" de Leila Xavier e Sandro Demarco; “Feli(Z)cidade”’ de Clementino Júnior;além de curtas dos alunos do Cine Floresta Nossa.

Em Alma no olho (1974), Zózimo Bulbul faz uma reflexão da figura negra no Brasil, criando uma metáfora entre escravidão a busca pela liberdade por meio da transformação do homem negro.

OusmaneSembene apresenta no curtaBoromSarret (1966) um dia na vida de um carroceiro em Dakar, capital senegalesa, mostrando como a independência não sanou a pobreza do lugar.

Em Real Card (2016), Rossandra Leone faz um questionamento sobre o que teria acontecido ao Rio de Janeiro caso ele tivesse sido vendido a quem quisesse lucrar com a Olimpíada.

Leila Xavier e Sandro Demarco mostram em Não Pense que Sabe ser quem é (2016) a busca pela identidade por meio de um espelho que só mostra aquilo que o refletido deseja ser.

Clementino Junior mostra em Feli(z)cidade o sentimento de nove moradores e trabalhadores do Complexo da Maré ao longo da ocupação do Exército e troca de comando para a polícia.

Sobre o curador
Clementino Júnioré diretor e animador cinematográfico. É responsável pela fundação e curadoria do Cineclube Atlântico Negro, criado em setembro de 2008. Foi vice-presidente da ABD Nacional (Associação Brasileira de Documentaristas e Curtametragistas) e atualmente é professor de multimeios no Instituto de Tecnologia OIT, além de educador do Ponto de Cultura Cine Floresta Nossa.

Sobre o Cineclube em Ação
Asessão inaugural do CINECLUBE EM AÇÃO ocorreu no dia 21 de novembro e teve como curador convidado o Cineclube Revolucionário do Morro da Providência. A programação incluiu as animações "O Homem" e "Chamada Para Acordar" de Steve Cutts, "Queimado" de Igor Barradas e "O Porto Ainda Samba", documentário produzido na 1ª turma da oficina Criação em Vídeo da Ação da Cidadania.Após a exibição dos filmes,ocorreu o debateversando sobre os temas abordados pelos curtas: a tecnologia e o homem moderno; banalização do estupro de mulheres; e a história do samba na região portuária.

Serviço
Centro Cultural Ação da Cidadania
Av. Barão de Tefé, 75 - Saúde
Dia 12 /12 – 18h30 com debate após a sessão
Entrada gratuita

Notícia publicada em 08.12.2016