Ação pelo Brasil

A Ação da Cidadania hoje está presente em 17 estados do país. Cada estado atua com independência, operando de acordo com as necessidades de sua região.

No Rio de Janeiro, 200 comitês atuam em 15 municípios, atendendo a 10 mil famílias ou 40 mil pessoas.

Os comitês desenvolvem ações regulares nas áreas da saúde, educação, cultura e geração de emprego e renda, beneficiando grupos de idosos, mulheres, crianças e jovens das comunidades.

A Ação da Cidadania atua com uma estrutura descentralizada, permitindo, revelar as lideranças que vêm transformando suas comunidades: homens e mulheres com grande capacidade de mobilização e influência, além de muita criatividade para encontrar soluções para seus problemas, mas com pouca educação formal. As atividades são definidas pelos comitês, atendendo às demandas da própria comunidade, onde desempenham a função de agentes locais de cidadania, principais atores sociais desta rede.

Com o fim da arrecadação de alimentos, essas lideranças assumiram um protagonismo maior em suas comunidades, trabalhando pela inclusão das famílias pobres no Bolsa Família, por exemplo, por meio do projeto Cidadania em Ação.

Em 1993, no início do Movimento, a Ação da Cidadania, no Rio de Janeiro, contava com a participação de 75 comitês, passando para 225 em 1996. No ano 2000 já existiam 400 comitês e, em 2006, o número de comitês chega a 756.

O crescimento do número de comitês acompanhou o crescimento do número de miseráveis1 no estado do Rio de janeiro, que aumentou cerca de 4 vezes de 1991 até 2002, quando atingiu 2,7 milhões de pessoas. O crescimento concomitante do número de comitês e do número de miseráveis se explica em função da ineficácia das políticas públicas governamentais na mudança dessa realidade, abrindo-se espaço para a mobilização da sociedade civil na luta pelos seus direitos e por melhores condições e vida.

 

A Ação da Cidadania hoje está presente em 22 estados do país. Cada estado atua com independência, operando de acordo com as necessidades de sua região.

No Rio de Janeiro, 726 comitês atuam em mais de 22 municípios, atendendo a 140 mil famílias ou 700 mil pessoas.

Os comitês desenvolvem ações regulares nas áreas da saúde, educação, cultura e geração de emprego e renda, beneficiando grupos de idosos, mulheres, crianças e jovens das comunidades.

A Ação da Cidadania atua com uma estrutura descentralizada, permitindo, revelar as lideranças que vêm transformando suas comunidades: homens e mulheres com grande capacidade de mobilização e influência, além de muita criatividade para encontrar soluções para seus problemas, mas com pouca educação formal. As atividades são definidas pelos comitês, atendendo às demandas da própria comunidade, onde desempenham a função de agentes locais de cidadania, principais atores sociais desta rede.

Com o fim da arrecadação de alimentos, essas lideranças assumiram um protagonismo maior em suas comunidades, trabalhando pela inclusão das famílias pobres no Bolsa Família, por exemplo, por meio do projeto Cidadania em Ação.

Em 1993, no início do Movimento, a Ação da Cidadania, no Rio de Janeiro, contava com a participação de 75 comitês, passando para 225 em 1996. No ano 2000 já existiam 400 comitês e, em 2006, o número de comitês chega a 756.

O crescimento do número de comitês acompanhou o crescimento do número de miseráveis1 no estado do Rio de janeiro, que aumentou cerca de 4 vezes de 1991 até 2002, quando atingiu 2,7 milhões de pessoas. O crescimento concomitante do número de comitês e do número de miseráveis se explica em função da ineficácia das políticas públicas governamentais na mudança dessa realidade, abrindo-se espaço para a mobilização da sociedade civil na luta pelos seus direitos e por melhores condições e vida.

Nossos Comitês

  • São Paulo

  • Minas Gerais

  • Rio de Janeiro

  • Bahia

  • Rio Grande do Sul

  • Paraná

  • Pernambuco

  • Ceará

  • Pará

  • Maranhão

  • Santa Catarina

  • Goiás

  • Paraíba

  • Espírito Santo

  • Amazonas

  • Alagoas

  • Piauí

  • Rio Grande do Norte

  • Mato Grosso

  • Distrito Federal

  • Mato Grosso do Sul

  • Sergipe

  • Rondônia

  • Tocantins

  • Acre

  • Amapá

  • Roraima

mapa do Brasil
São Paulo Rio de Janeiro Bahia Rio Grande do Sul Paraná Pernambuco Ceará Pará Maranhão Santa Catarina Goiás Paraíba Amazonas Alagoas Piauí Rio Grande do Norte Mato Grosso Distrito Federal Mato Grosso do Sul Sergipe Rondônia Roraima